Drone é compacto e pode ser montado com facilidade (Foto: Divulgação/DJI)

Novo drone Mavic Pro da DJI é dobrável e pode concorrer com GoPro Karma

A DJI se prepara para trazer ao Brasil seu novo drone Mavic Pro, que deve estar disponível ainda em 2016. A aeronave portátil é fácil de usar e usa as tecnologias mais atuais de voo controlado, sendo capaz de fazer fotos e vídeos, além de ser programado para voltar automaticamente ao ponto de partida – caso perca o contato com o dono ou fique sem bateria. O quadricóptero também é equipado com um sistema que permite desviar de objetos sem depender de sinais de satélite.

O Mavic Pro é compacto e promete concorrer diretamente com o Karma, da rival GoPro. Ele é portátil, podendo ser carregado com facilidade, e é equipado com uma câmera 4K e um sistema de navegação com alcance de 7 km, com autonomia de voo de aproximadamente 27 minutos.

O drone pode ser montado rapidamente graças aos seus quatro braços dobráveis com hélices e pilotado através de um controle remoto a longa distância ou com um smartphone a curta distância.

Um dos novos recursos adicionados é um sistema de autonomia de voo que usa recursos de navegação como cinco câmeras, GPS, sensores ultrassônicos e 24 núcleos computacionais para posicionar e planejar as rotas do modelo. Isto permite que ele seja usado sem a ajuda de sinais de satélite para desviar de objetos, aumentando o raio de ação mesmo em ambientes 3D complexos a velocidades de até 36 km/h.

O sistema de retorno automático é acionado toda a vez que o Mavic Pro perde contato com o controlador ou sua bateria atinge níveis críticos. Ele grava um vídeo curto toda vez que decola, usando informações dele e do GPS para aterrissar no mesmo local ao retornar. Dessa forma, fica mais difícil perder o drone em caso de problemas.

A câmera do quadricóptero possui 12 MP e é capaz de fazer vídeos em qualidade 4K a 30 fps ou 1080p a 96 fps. Um sistema de estabilização com três eixos evita que o conteúdo saia tremido e fora de foco, segundo a DJI.

O Mavic Pro já está a venda nos Estados Unidos e deve chegar ao Brasil ainda em 2016. O drone é vendido por US$ 999 (R$ 3.237 – em conversão direta), estando disponível também em uma versão com equipamentos extras como hélices, um hub de recarga e adaptadores por US$ 1.299 (R$ 4.210). O preço oficial de venda no país ainda não foi anunciado.

FONTE: TechTudo

Read More
arenadji

A DJI vai abrir em breve a sua primeira arena de drones

A DJI vai abrir em breve a sua primeira arena de drones, um espaço interior “onde qualquer piloto poderá aprender a controlar a sua aeronave” e que pode servir de ponto de encontro para entusiastas da atividade.

O país escolhido foi a Coreia do Sul, mais concretamente a localidade de Yongin, na província de Gyeonggi, e é um campo relvado artificial com 1,395 metros quadrados. Redes de segurança, obstáculos iluminados com luzes LED e um enorme ecrã LCD para visualização na primeira pessoa da imagem captada pelo drone são elementos que não faltam na DJI Arena.

Além disso, para apoio existe uma pequena “oficina”, com postos para recarga das baterias e bancadas para reparações ligeiras. O espaço poderá ser reservado por pilotos individuais ou grupos a partir de meados de agosto, data da abertura oficial, tal como deverá acolher eventos, corridas de drones e até workshops da DJI como é o caso do programa New Pilot Experience.

“A DJI está empenhada em tornar a tecnologia aérea mais acessível ao público em geral e mais fácil de aprender, como é um bom exemplo esta nova DJI Arena. Trata-se de um espaço seguro e divertido, disponível tanto para quem está a pilotar drones pela primeira vez como para quem tem mais experiência”, refere Moon Tae-hyun, country manager da DJI na Coreia do Sul.

FONTE: tek.sapo

Read More
dji-phantom-4-drone-associacao-brasileira

PHANTOM 4 AUMENTA INTELIGÊNCIA DOS DRONES DA DJI

DJI atualiza a sua linha principal de drones com o Phantom 4, que oferece desvio de obstáculos automático e ‘dramaticamente’ melhoramento óptica da câmara. Com uma lente com sensor de 12MP e F2.8 o Phantom 4 é capaz de qualidade Raw nas fotos e 4K/UHD em 30p para vídeos, bem como a nova tecnologia de visão de máquina acrescentando rastreamento de objetos e evasão de objeto.m
O novo Phantom 4 traz gimbal mais resistente, sistema anti colisão com sensores (área de atuação de 70cm à 15 metros), track de objetos (trava a câmera em alvos fixos ou móveis), mais rápido(até 72km/h em modo Sport), 5 minutos a mais de voo com uma nova bateria (28 minutos), novos motores mais eficientes, filmagem em até 120fps.

Read More
phantom4-drone-brasil

Novo drone DJI Phantom 4

A DJI, maior fabricante de drones para consumidores, é responsável pelo Phantom, quadcóptero que neste ano chega a sua quarta versão. Phantom 4 é mais inteligente, mais rápido e mais resistente do que os modelos atuais de drones. Uma das grandes novidades é o Obstacle Sensing System que usa duas câmaras frontais para identificar obstáculos e manter a distância. No caso de ser visto algo que possa impedir o progresso, o drone consegue procurar uma alternativa, que lhe permita depois recuperar a trajetória ou manter-se a pairar, se não houver outra hipótese.

De acordo com o Engadget, há ainda a possibilidade de “fixar” um determinado objeto e fazer com que o drone o siga. O objetivo é permitir perseguir pessoas, cães ou bicicletas sem ter de usar um sistema de localização ou GPS autónomo. O utilizador pode ainda ver o vídeo que o drone está a captar e, no telemóvel ou tablet, tocar num determinado objeto, fazendo o Phantom 4 voar até lá.

Este drone vai ter um sistema de bateria diferente dos Phantom anteriores e uma autonomia prometida de 28 minutos com uma carga apenas. Este aparelho consegue atingir uma velocidade de até 20 metros por segundo.

Em termos de preços, o Phantom 4 vai custar 1399 dólares no momento do lançamento, marcado para o final deste mês.  O acréscimo no valor se deve a recursos inéditos que chegam como diferencial.

Read More