T-RS-18

ROCK IN RIO: DRONES MONITORAM A SEGURANÇA DO EVENTO EM TEMPO REAL

Posted by on / 0 Comments

O Rock in Rio conta com uma novidade na segurança desta edição: o monitoramento, em tempo real, por drones que sobrevoam toda a Cidade do Rock. É a primeira vez que o equipamento é usado na segurança do evento. No total, dois drones monitoram o festival do início ao fim. Eles são usados para garantir a segurança no entorno do evento, especialmente na área mais próxima à lagoa, para evitar a entrada de invasores.

Os drones têm capacidade de monitoramento em até 7 km de distância, voam até 500 metros de altura e a uma velocidade máxima de 100 km/h. Toda a gravação é feita com a tecnologia 4k. A tecnologia dos drones foi escolhida para integrar o sistema de segurança por se tratar de um equipamento de ponta, que permite a visualização aérea de todo o Rock in Rio.

– É um equipamento de ponta e excelente para o monitoramento do perímetro do festival. A área desse ano é muito maior que dos demais. Então, ter esse auxílio é importante para aumentar a segurança de quem vem ao evento e garantir a diversão – explicou.

As câmeras dos drones são monitoradas pela equipe da Prosegur que fica em um Centro de Controle Operacional. Ao sinal de qualquer irregularidade, pode acionar os 1.300 homens da companhia que atuam no evento, o dobro da edição passada. Solange Simões lembra, porém, que o equipamento não sobrevoa a plateia e nem o centro da Cidade do Rock por questões de segurança.
– Não podemos levar o drone para sobrevoar o público por medidas de segurança. Seguimos as regras da Anac. Eles estão restritos ao monitoramento do entorno do Rock in Rio.
Além dos drones, 100 câmeras espalhadas pela Cidade do Rock e 25 cães das raças pastor alemão, rottweiler e pastor belga Malinois auxiliam no controle do que acontece dentro do festival.