falcon8mais

Intel apresenta novo drone para uso comercial – Falcon 8+

Posted by on / 0 Comments

Ainda sem preço e data de lançamento, octocóptero é voltado para inspeção industrial, pesquisas e mapeamento para profissionais e especialistas.

A Intel apresentou um drone comercial chamado de Falcon 8+ para o mercado norte-americano. O objetivo da companhia é liderar o mercado de veículos aéreos não tripulados, especialmente no segmento comercial.

A fabricante de chips vem analisando novas oportunidades para o seu silício e outras tecnologias fora dos mercados tradicionais como PCs, especialmente após seu fracasso no mercado de smartphones. A companhia já tinha se metido no mercado de drones para consumidores por meio do Typhoon H, da Yuneec, que usa a plataforma de visão computacional RealSense para navegação inteligente por obstáculos. Além disso, a Intel também introduziu a plataforma Intel Aero para os desenvolvedores criarem os seus próprios drones.

A oportunidade para a Intel é que muitos países, incluindo os EUA, estão lentamente liberando regras para o uso comercial e de consumidores dos drones. A Administração Federal de Aviação dos EUA (FAA) anunciou regras em junho deste ano para o uso comercial de drones, mas as suas disposições como restrição de campo de visão para o uso das aeronaves não tripuladas não atenderam às demandas de permissão para voar diversos drones além do campo de visão com o controle de apenas um operador.

O CEO da Intel, Brian Krzanich dirige um comitê de conselheiros montado pela FAA para discutir medidas futuras para a integração de sistemas de aeronaves não tripuladas no espaço aéreo dos EUA.

Para quem não lembra, a Intel tem feito diversos investimentos para melhorar suas ofertas e habilidades no segmento de drones. Em janeiro, a empresa anunciou a compra da Ascending Technologies, desenvolvedora de drones com software de piloto automático da Alemanha. No mês passado, a fabricante de chips revelou a compra da Movidius, uma desenvolvedora de plataformas SoC (system on a chip) de alto desempenho e baixo consumo de energia para acelerar as aplicações de visão computacional, que fornece chips para fabricantes de drones como a DJI.

O novo Intel Falcon 8+ foi feito a partir do AscTec Falcon 8 da Ascending Technologies, e é o primeiro drone comercial com a marca Intel, de acordo com o VP e gerente geral do Grupo de Novas Tecnologias da Intel, Josh Walden. O octocóptero em formato de V, com redundância completa de sistema cobrindo baterias, comunicações e sensores é feito para inspeção industrial, pesquisas e mapeamento para profissionais e especialistas, segundo a Intel.

O aparelho também vem com uma redesenhada estação base móvel baseada em tablet chamada de Intel Cockpit, que conta com um joystick para controle do voo com apenas uma mão e uma interface resistente à água, e as baterias inteligentes Intel Powerpack como fonte de energia.

O drone mede 768 x 817 x 160 milímetros e pesa 2,8kg e fornece “imagens detalhadas com precisão milimétrica e uma análise estrutural valiosa que ajuda os usuários a detectar e evitar danos adicionais à infraestrutura”, aponta Walden.

No entanto, a Intel não revelou detalhes sobre preço e data de lançamento do Intel Falcon 8+.

FONTE: IDGNOW